YJ Kickoff - шаблон joomla Форекс

GREVE NA URBEL

UMA BOA CIDADE É DIREITO DE TODOS!

ASSIM TRABALHAMOS NA URBEL

A URBEL é responsável pela urbanização de Vilas e Favelas e pela política de habitação popular de Belo Horizonte. Os trabalhadores da URBEL têm orgulho de atuar para que BH seja uma cidade melhor, com menos áreas de risco, com moradias populares dignas e com respeito à cidadania.

Apesar da importância da URBEL, seu Diretor-presidente e o Prefeito têm sucateado a Empresa, congelando os salários de seus funcionários. E têm imposto mudanças na atuação da URBEL que prejudicam as pessoas e famílias que atendemos. Querem colocar a crise nas costas de quem necessita.

A URBEL tem hoje 40 assessores que recebem quase R$ 8.000,00, valor bem superior ao recebido pelos concursados que ingressam na Empresa. Grande parte deles são APADRINHADOS POLÍTICOS, candidatos derrotados e amigos, que nunca trabalharam no setor: ganham cargos por serem parte do grupo político de Lacerda.

Sem se importar com os serviços que atendem à população, a Direção da URBEL cria intrigas entre as pessoas necessitadas. Todos têm direito a uma boa cidade e a boas moradias, mas Lacerda, junto com a Direção da URBEL, quer ver cidadãos brigando com cidadãos, ao estabelecer que uns têm direito a políticas habitacionais e outros não. É assim que usam o Conselho Municipal de Habitação, onde impõem regras que retiram direitos, ao invés de ampliá-los.

Se não dialoga com os trabalhadores da URBEL, Lacerda também não dialoga com o povo. Desconhece suas necessidades e seus direitos. Do alto de seu poder, despreza quem necessita.

A situação da URBEL é inaceitável, e por isso estamos em greve. Queremos continuar trabalhando para que Belo Horizonte seja uma referência internacional em direitos de cidadania, como já chegou a ser.

Por isso pedimos a compreensão e o apoio do cidadão a este movimento, que quer não só boas condições de trabalho mas também serviços públicos melhores. Sabemos que isso é possível!

.

 

PARALISAÇÃO NA URBEL

Em Assembleia realizada no dia 24/09, os Trabalhadores da URBEL rejeitaram a proposta da PBH e decidiram, por unanimidade, paralisar meio horário TODOS OS DIAS ATÉ O DIA 30/09.

No dia 30/09, estes se juntarão aos companheiros na PARALISAÇÃO GERAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS.

 

SINTAPPI-MG em defesa dos direitos dos trabalhadores da EPAMIG

Apresentando um dossiê completo, elaborado em uma reunião realizada no dia 28/11/14 com os Presidentes de Associações de Empregados das Unidades Descentralizadas da EPAMIG, Delegados Sindicais e Diretores do SINTAPPI-MG, sobre as deficiências existentes nas unidades, bem como a gravidade dos problemas e reflexos na execução das atividades, o Sindicato reforçou o comprometimento de maior parte dos trabalhadores para com o papel que a mesma possui na sociedade. Para os representantes sindicais, a urgência não está apenas no cumprimento do Acordo Coletivo e valorização do trabalhador, que é o mínimo esperado, mas sim numa administração que esteja empenhada na melhoria da Empresa como um todo: responsabilidade financeira, infraestrutura e engajamento social. 

Leia mais:SINTAPPI-MG em defesa dos direitos dos trabalhadores da EPAMIG
 

Página 7 de 7